• Paraíso17

SIG elucida arrombamentos e furtos em Nova Andradina

Dupla foi presa e autuada em flagrante por tráfico de drogas, furto qualificado com destruição ou rompimento de obstáculo e posse irregular de arma de fogo
*Da Redação / Imagens: PC/Divulgação
06/01/2017 07h50
Dupla foi presa e autuada em flagrante / Imagens: PC/Divulgação

Após ocorrências registradas na Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina, onde versavam furtos e arrombamentos de residências, a Polícia Civil por meio da SIG (Seção de Investigações Gerais) da Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina identificou, prende e autuou em flagrante dois criminosos suspeitos pelos crimes. Fato aconteceu nesta quarta-feira (4).

 

Segundo a Polícia Civil, após três boletins de ocorrências, de furto qualificado com destruição ou rompimento de obstáculo, com datas do dia 10 de novembro, 25 e 29 de dezembro passado, os policiais durante investigações chegaram até aos suspeitos, Adjhony da Silva Chaves de 20 anos, vulgo Zika Vírus e também conhecido como Pescocinho e Walter Neves Rodrigues de 18 anos, vulgo Testa.

 

Objetos e produtos furtados foram recuperados em Nova Andradina e Casa Verde - Foto: PC/DivulgaçãoAos investigadores chegaram a informação de que um indivíduo com o nome de Adjhony estaria efetuando a venda de entorpecentes, bem como estava em posse de uma arma de fogo, como também estava comercializando objetos com procedência duvidosa quanto a origem destes objetos.

 

Depois de coletarem as informações e, em diligências até a residência de Adjhony, onde também estava Walter Neves, foram localizados na casa um tablete de maconha totalizando 384 gramas, um simulacro de arma de fogo e diversos produtos oriundos de furtos praticados por Adjhony e Walter.

 

Posteriormente os policiais indagarem sobre a origem de alguns objetos localizados na residência, onde foram informados por Adjhony e Walter que os objetos eram produtos de furtos cometidos por eles na cidade e que vários objetos furtados declararam que foram vendidos na cidade e também em Nova Casa Verde, local onde residia Adjhony antes de vir morar em Nova Andradina.

 

Além dos objetos recuperados na residência de Adjhony, os policiais foram até Casa Verde e localizaram uma makita, dois discos da mesma máquina, extensão de energia elétrica, trena, seis sacos de cimento, furtados de uma obra da construção civil no mesmo dia das diligências policiais, um notebook, gravador de imagem para circuito fechado, furtados de um comércio, um aparelho televisor de 48 polegadas, roteador, diversas joias e semijoias, outro notebook, par de botas, furtados de uma residência, uma bateria de 12 volts, extensão de energia, furtados de uma loja comercial, onde a Polícia Civil já identificou as vítimas.

 

Ainda segundo a Polícia Civil, num sítio localizado no assentamento Teijin, foi localizado um revólver calibre 32, onde Adjhony informou que a arma era de sua propriedade.

Objetos e produtos furtados foram recuperados em Nova Andradina e Casa Verde - Foto: PC/Divulgação

Os suspeitos permanecem custodiados na Unidade Policial a disposição da Justiça, sendo importante salientar que todos os objetos recuperados foram restituídos aos seus respectivos proprietários. *Jornal da Nova





VEJA MAIS